terça-feira, 16 de junho de 2009

Pois...

Por onde andam nossas almas quando nos doamos ao trabalho?

3 comentários:

onzepalavras.com disse...

Ficam insuladas nas veias que correm nosso corpo, esperando pacientemente pelo nosso convite de libertação.

Liberdade. Já!

ARLETE MARIA disse...

Andam
no imaginário
dando pausa
a imaginação...

Meire Cavalcante disse...

Andam bem, por aí, pacientes... porque quem se faz esse tipo pergunta sempre sabe onde sua alma mora e o que ela almeja. Por fim, que se faz essa pergunta nunca se perde.