sábado, 20 de fevereiro de 2010

ardor

por esta noite, sou amor asfixiado. ardo a cada grito de abraço. amor desencontrado. alternado pela pausa. alternado pela dor. sublimado. sou dois homens que se amam. e se esperam a vida toda.
 

2 comentários:

Elis Barbosa disse...

Contundente, "sou dois homens que se amam, e se esperam a vida toda." me lembrou daquele filme, o BrokeBack Mountain. Lindo, como a imagem que vc deu desse amor ardido.

Bjs,
Elis

o n z e p a l a v r a s disse...

Seu último comentário me deu vontade de continuar, mesmo. Mas duvido do meu fôlego. Se duvido, me movo, se me movo há vida, se há vida, continuo, ou pelo menos, tento.

Obrigada querida. Mostrei seu blog à uma amiga esse final de semana. Ela gostou muito, vai virar leitora, como eu, assídua.