sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Carma

A cárie carcome o canino
curtindo a carapaça em crosta carvão.

Do chão ao cume.

Cai, cai, canino! -- criminoso confesso.
Como um capitão em declínio.

Do cume ao chão.

3 comentários:

SRTA. LÓRI CAPITU disse...

Oba! Estava com saudade de textinhos novos.

Caramba, carambola, a cárie carnívora não cuspe a carcaça do coitado canino!

onzepalavras.com disse...

Fã, fã, fã!

retrolectro disse...

puta que pariu!